Scania apresenta caminhão híbrido para uso urbano


Movido a biodiesel ou eletricidade o novo modelo chega a ser 18% mais econômico segundo o fabricante

A Scania apresentou o seu caminhão híbrido que pode operar no modo elétrico ou com biocombustíveis. Magnus Höglund, responsável por combustíveis alternativos e trens de força na Scania Trucks, afirma que o híbrido, que é capaz de alternar entre uma condução silenciosa e livre de emissões ou com emissões muito baixas de CO2, mesmo com grande capacidade de carga." O primeiro híbrido da fabricante sueca será entregue em 2016. O motor básico é o Scania de 9 litros com 320 cv. Ele funciona 100% a biodiesel. Segundo o executivo, os caminhões hibridizados serão cada vez mais comuns nos centros urbanos, seja na distribuição, na coleta de lixo ou em outros serviços. “A capacidade de aumentar o aproveitamento com a direção silenciosa e a redução do consumo de combustível são fatores que refletem diretamente na rentabilidade do cliente. Operar à noite, com as ruas vazias, pode significar maior produtividade e precisão das entregas, por exemplo”, explica Höglund. A economia do novo caminhão híbrido chega a 18% em um cenário típico de condução, comparado ao motor a diesel convencional. O motor elétrico e a ampla reserva de potência são inicialmente indicados para os estágios críticos finais de uma rota, por exemplo, ao dirigir em uma área urbana de silêncio obrigatório ou em ambiente fechado, livre de emissões. O reaproveitamento da potência de frenagem compõe dois terços da economia de combustível que a hibridização oferece. Outras contribuições ocorrem com o desligamento do motor em baixas velocidades e o uso eficiente do sistema elétrico auxiliar. O caminhão pode ser conduzido somente em modo elétrico a uma velocidade de até 45km/h, com o motor a combustão desligado ou em ponto morto a fim de acionar os sistemas auxiliares, tais como o compressor do freio.

Destaque
Notícias Recentes