Governo de MT já repassou dois milhões de litros de óleo diesel aos municípios

O governo já repassou dois milhões de litros de óleo diesel para 80 municípios mato-grossenses, este ano. O combustível será utilizado para os serviços emergenciais nas rodovias estaduais pavimentadas e não pavimentadas. Em entrevista a um programa de rádio da capital, ontem, o governador Pedro Taques ressaltou o governo tem repassado, em média, 200 mil litros de diesel para os municípios por mês, com garantia de chegada do produto à fonte. Para ter acesso aos insumos, as prefeituras devem apresentar a certidão e desenvolver um plano de trabalho das obras. Com base no conteúdo, a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) faz um diagnóstico da quantidade de massa asfáltica para as rodovias pavimentadas ou óleo diesel para as não pavimentadas e efetua os repasses. Além do diesel, outras 170 obras de infraestrutura e logística estão em andamento em todas as regiões de Mato Grosso. “Nenhum outro estado tem isso. São 41 novas estradas, 19 rodovias reconstruídas, cinco pontes de madeira substituídas por concreto, 500 quilômetros de rodovia construídos até o final de 2015 e 1,5 mil quilômetros reabilitados. É um trabalho intenso e contínuo liderado pelo secretário Marcelo Duarte”. Conforme o governador, as obras têm sido possíveis graças à economia e revisão dos contratos antigos, que muitas vezes sequer levavam em consideração a necessidade das obras nos locais ou estudos técnicos precisos. Durante a revisão de projetos da área de infraestrutura, o governo do Estado constatou a possibilidade de economizar R$ 41 milhões em obras de pontes. Isso foi descoberto durante a revisão a fase 1 do programa MT Integrado, incorporado ao Pró-Estradas (que trata da construção, reconstrução e manutenção das rodovias estaduais pavimentadas e não pavimentadas). De 127 projetos, 33 podiam ser substituídos por bueiros celulares, estruturas mais simples com custo menor que pontes de concreto.

Destaque
Notícias Recentes